17 setembro 2008

Querido S.Pedro

Título: "Querido S.Pedro"
Local: Escritório climatérico do S.Pedro 
Modelos: Carta ao S.Pedro

________________________________________________

Querido S.Pedro:

 

Escrevo a seguinte carta para mostrar o meu descontentamento com algumas questões que julgo serem da sua responsabilidade.

Hoje é dia 17 de Setembro, distamos portanto 6 dias do início do Outono... Até aqui tudo bem! Agora o que me incomoda são as oscilações climatéricas que se têm feito sentir... passo a explicar:

 

Num dia os termómetros marcam 358ºC à sombra... "Raios! Logo hoje em que eu vim com o sobretudo e as galochas... ah mas amanhã não me enganam!" e passo o resto da tarde a transportar os mil casacos e a ter visões com oásis refrescantes no meio da cidade...

No dia seguinte, saio de casa na alegria de umas roupas leves, a pilotar umas havaianas e o tempo... CHUVA! E lá vem a constipação, os lenços ranhosos e o desejo de ser patrocinado por uma farmácia, por acréscimo!

 

Por isso S.Pedro, a minha ideia é que se entretenha com outras coisas que não brincar com o interruptor do clima que isso é um pouco incomodativo para nós cá em baixo!

 

Sem outro assunto, despeço-me com amizade...

ANITA

IMG_7435

That's all Folks

4 comentários:

Joana disse...

clikclak(som do S. Pedro a gozar ctg)

este tempo tá nojentooooo, pegajoso, andrajoso, deprimente! KANOJO!

e assim constatei!

***

bitoke disse...

Calma!!
Não está nada mau.
Para os desgraçados que tem de trabalhar com o telhado do S. Pedro por cima da tola(como eu), até tem estado muito bom. esperem até vir a chuva, vento, frio, pedra, e neve(sim porque já é normal nevar em lx) e depois queixem-se.
:P

alphatocopherol disse...

Entre chuva, sol, t-shirt e cachecol é andar prevenido! É claro que podemos sempre ter uma ajudinha... :)

www.meteopt.com

(este é o truque que uso :P )

Foi o mento publicitário do dia! :P

PS: Ontem no fórum Coimbra: PANDA & CIA nos plasmas do sector infantil! A fama :)

Ana Rita disse...

ADENDA: Aproveita e dá-nos um outono daqueles antigos... nem quentes nem frios, com folhas castanhas, sem malta na praia quando toda a gente tem que trabalhar e sem chuvadas que inundam os carros alheios! tenho dito.