24 abril 2009

Falar potuguês

Título: "Falar potuguês"
Local: Hospital Veterinário - USP 
Modelos: Anita e priprietário

________________________________________________

Hoje foi um dia cheio! Estágio, leitura de artigos para a tese, cineminha, arranjar as unhas (sim, que eu sou fina), teatro e jantar... cansada e amanhã o dia amanhece bem cedo! Mas, não me podia ir deitar sem antes vos contar mais uma pérola lá do estágio...

 

Cenário: Anita, a estagiária, de batinha branca como é hábito a iniciar consultas com a converseta da praxe com o proprietário. Eis se não quando, no final da consulta o proprietário inicia o diálogo:

 

[Ele] - Já está há muito tempo aqui no Brasil? - perguntou visivelmente atento ao meu sotaque diferente

[Eu] - Há um mês...

[Ele] - E já fala tão bem português?

[Eu] - Pois eu sou de Portugal, eu é que falo o verdadeiro português!

 

E o proprietário começou a desviar a atenção da estupidez que acabara de ocorrer mencionando a sua vontade em conhecer Portugal e Lisboa...

Ist'há com cada maluco! Xiça!

 

E agora já posso dirigir-me ao leito de descanso...

That's all Folks

3 comentários:

Ana Rita disse...

opá... a sério! ;)

a mim tb me aconteceu uma como essa!

Eu: Bom dia!
Ela: eh lá! você fala muito bem português
Eu: Sim, eu sou portuguesa.
Ela: E conhece Portugal?

Eu: ?!!?

disse...

...é que "brazuca" há 500 anos que vem tentando falar bem português... por isso ficam admirados com a nossa pronuncia tão boa... nééé!!

Rodolfo Daniel disse...

Eu juro que não sabia que este cenário poderia existir.. Quando li fiquei tipo :O depois de reparar no comentário da Ana Rita.. fiquei 2*:O!

"NAO.. eles não perguntaram isto..."

Beijo e parabéns pelo blog, youtube (de mais!!) e pelo Panda e Companhia!

:)